Difamação no trabalho: saiba como evitar essa situação

A difamação no trabalho é quando uma pessoa sofre (ou realiza) uma conduta ofensiva à reputação de outra. Isso é completamente prejudicial à imagem da sua empresa, portanto, esse assunto merece a sua atenção!

De acordo com a Constituição Federal, “são invioláveis a intimidade, a vida privada, a honra e a imagem das pessoas, assegurando o direito a indenização pelo dano material ou moral decorrentes de sua violação”.

Dessa maneira, não podemos ignorar que a difamação no trabalho, além de ser prejudicial ao clima organizacional, é considerada crime. Vamos aprender mais sobre o assunto? Venha conosco!

Entenda quais são os principais tipos de difamação no trabalho

Primeiramente, é preciso compreender que existem diversos tipos de difamação no trabalho. Confira abaixo quais são os principais!

Boatos

Os boatos são notícias e novidades cuja fonte não é conhecida, no entanto, são propagadas rapidamente no ambiente de trabalho. São rumores que correm publicamente sem que a sua veracidade seja confirmada.

Isso causa problemas de comunicação, dificuldade nos relacionamentos dos colegas e falta de profissionalismo e ética.

Assédio moral

O assédio moral acontece quando há a exposição de colaboradores ou gestores a uma situação humilhante e constrangedora. Considera-se uma forma de violência psicológica e um tratamento discriminatório.

Essa humilhação repetitiva interfere diretamente na vida do colaborador e prejudica as suas relações sociais. Além disso, podem causar diversos danos à sua saúde física e mental, comprometendo as suas condições no trabalho.

Fofoca

As fofocas são falas maldosas, afirmações baseadas em dados irreais e que não são concretos. O popular “disse que me disse” que prejudica de alguma maneira a vida de alguém. Ela acontece quando uma pessoa espalha uma informação (sendo verdade ou mentira) sobre a vida de outra, sem o seu consentimento.

Os rumores sobre a vida das pessoas causam uma série de problemas para a empresa, como:

  • baixa produtividade;
  • clima organizacional pesado;
  • queda na lucratividade; e
  • ainda prejudica a saúde dos colaboradores.

Veja como evitar a difamação no trabalho

Agora que você conferiu os principais tipos de difamação no trabalho, vamos avaliar algumas ideias para evitar esse tipo de situação? Continue conosco!

Melhore o clima organizacional

Aplique pesquisas de satisfação para avaliar o clima organizacional da sua empresa. É sempre importante identificar os pensamentos dos colaboradores para criar um planejamento de comunicação interna baseado em dados reais do seu negócio.

Assim, crie programas para melhorar o clima e fortalecer os relacionamentos, tais como:

  • aumento de bônus;
  • eventos internos;
  • confraternizações;
  • gamificação;
  • palestras motivacionais; e
  • outros.

Incentive a comunicação

A comunicação é uma das principais chaves para evitar a difamação no trabalho. Por isso, tenha excelentes canais de comunicação e faça reuniões periódicas com o time.

É importante incentivar o respeito, a ética, a transparência e que os gestores deem o exemplo sempre. É preciso mostrar, na prática, que a empresa respeita todas as pessoas e não discrimina ninguém.

Crie políticas claras

É fundamental ter políticas claras sobre o comportamento ideal dentro da empresa. Elas ajudam a nortear as atitudes internas e são uma forma de conduzir (e até mesmo punir) quem não se adequar às normas.

Assim, é essencial ter um bom código de ética e aplicar testes de integridade para promover uma gestão segura e de acordo com as políticas da organização.

A difamação no trabalho é um assunto sério e que pode prejudicar muito a sua empresa. Por isso, conhecer quais são os seus principais tipos e saber como evita-las é essencial para que o seu negócio continue saudável e produtivo.

Você gostou do nosso conteúdo? Então, aproveite para conhecer também: como identificar mentiras no ambiente de trabalho? Boa leitura!

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *